Educação em busca de sentido

A análise existencial de Viktor Frankl explicita uma imagem de homem como um ser livre e responsável, capaz de configurar seu destino, mas também como um ser que “se decide” e se autoconfigura. Esse processo de autoconfiguração parte de um dinamismo motivacional da existência, denominado “vontade de sentido” e definido como o desejo primário de encontrar sentido para a própria vida e a aptidão para torná-lo realidade. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s